Contato: (11) 3043-4171

Bolsonaro deve ficar fora da campanha no 1º turno

O candidato à Presidência, Jair Bolsonaro (PSL-RJ), dificilmente voltará a fazer campanha de rua ou em vídeo durante o primeiro turno.

O filho do líder nas pesquisas de intenção de voto, Flávio Bolsonaro, fez a afirmação, em entrevista á rádio 97,1 FM, no Rio de Janeiro. “Ele não está conseguindo nem falar direito, então não pode ir para a internet para fazer transmissão ao vivo. A orientação médica é que nem fale, porque quando fala acumula gases e pode ocasionar mais dor ainda”, disse.
“Ao que tudo indica, no primeiro turno não vai ter mais condições médicas de ir para a rua de novo. Praticamente impossível. A cirurgia de reconstituição do intestino dele vai acontecer daqui a dois meses ou mais, não tem como ir pra rua com a barriga aberta. É risco de infecção, é risco de arrebentar. É totalmente contraindicado”, ressaltou.
A participação na campanha de rua em um eventual segundo turno, que será realizado no dia 28 de outubro, também está ameaçada, o que forçou uma mudança na estratégia na campanha do militar da reserva. Para manter a candidatura em evidência, os integrantes da campanha vão se dividir para cumprir as agendas e reforçar, nas redes sociais, o discurso de que Bolsonaro poderá voltar às atividades no segundo turno. Os aliados também devem divulgar vídeos gravados antes da hospitalização do candidato (ANSA).

Rua Vergueiro, 2949, 12º andar – cjto 121/122
04101-300 – Vila Mariana – São Paulo - SP

Contato: (11) 3043-4171