Contato: (11) 3043-4171

Temer transmite presidência da CPLP para Cabo Verde

O presidente Temer transmitiu ontem (18) a presidência do Brasil na Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) ao presidente de Cabo Verde, Jorge Carlos de Almeida Fonseca.

O mandato é de dois anos e cobrirá o período de 2018 a 2020. O tema em discussão será: “As Pessoas. A Cultura. Os Oceanos”. O tema tem associação total com o que foi discutido durante a gestão brasileira – “A Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável” – no que se refere ao uso adequado e de acordo com a preservação ambiental dos oceanos e recursos marinhos.
As metas para o próximo período da CPLP e os trabalhos concluídos estão sintetizados na ‘Declaração de Santa Maria’, com 21 páginas, assinada por Temer e pelos demais presidentes dos demais países-membros da comunuidade, na Ilha do Sol, em Cabo Verde. Os presidentes assinaram quatro declarações: sobre pessoas e mobilidade, língua portuguesa, cultura e indústria criativa e mares e oceanos. Foram assinados também resoluções sobre o Plano de Ação de Díli e medidas relativas à sustentabilidade.
Ao assinar a ‘Declaração de Santa Maria’, Temer e os presidentes e primeiros-ministros homenagearam o ex-presidente sul-africano Nelson Mandela, comemorativa aos 100 anos do seu nascimento. Ressaltaram o legado político de Mandela e sua dedicação à defesa dos direitos humanos, da igualdade e da liberdade. Criada em 1996, a CPLP é integrada por nove países: Brasil, Angola, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Guiné Equatorial, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste (ABr).

Rua Vergueiro, 2949, 12º andar – cjto 121/122
04101-300 – Vila Mariana – São Paulo - SP

Contato: (11) 3043-4171