PTB formaliza apoio à Anastasia em Minas Gerais

O PTB de Minas Gerais formalizou ontem (26), o apoio à pré-candidatura de Antonio Anastasia (PSDB) ao governo.

Nos discursos durante a cerimônia do anúncio, lideranças petebistas mencionaram diversas vezes o nome do senador tucano Aécio Neves, que não acompanhou a base de seu partido no evento.
“Eu ainda acredito na inocência de Aécio. Ele tem prestígio, pode ser eleito para deputado federal ou para senador. O problema é que o massacram antes da hora. Ele ainda não foi julgado”, declarou o deputado estadual Dilzon Melo, presidente do diretório estadual do PTB. A maioria das falas dos líderes do partido lembravam das realizações de quando Aécio e Anastasia governaram Minas Gerais, entre 2003 e 2014.
Anastasia voltou a dizer que Aécio, réu no STF após a delação de Joesley Batista, deve tomar uma decisão sobre a provável candidatura nos próximos dias. O tucano comemorou o fato de ter mais um partido fechado na formação da coligação. “Existe uma consolidação ao nosso lado, mas temos que ter contato também com as entidades da sociedade civil, lideranças municipais e empresariais”, disse. O pré-candidato afirmou ainda que se prepara para uma eleição em dois turnos.
O PTB é o quarto partido a formalizar apoio a pré-candidatura de Anastasia. Anteriormente, PSD, PSC e PPS já haviam indicado que formariam coligação com o ex-governador. Amanhã (28), o Solidariedade deverá anunciar apoio ao tucano na disputa pelo Palácio da Liberdade (AE).