Antártida perdeu 3 trilhões de toneladas de gelo em 25 anos

A Antártida perdeu 2,7 trilhões de toneladas de gelo em 25 anos, o que elevou o nível dos mares em 7,5 milímetros, revelou um estudo divulgado pela revista científica “Nature”.

Ainda de acordo com a publicação, que reuniu diversos relatórios sobre o continente, estima-se que, desde 1989, a perda de massa de gelo foi calculada ao menos 150 vezes, mas nunca com a precisão atual.
As novas informações “oferecem um quadro mais coerente a respeito de outros do passado”, explicou um dos autores da pesquisa, Giorgio Spada. Além disso, com a ajuda de satélites, foi possível medir o aumento da taxa de fusão do gelo em certas regiões da Antártida, e verificou-se que “a aceleração foi sensível em alguns setores, como na zona ocidental”.
Observando-se relatórios de 1992 a 2017, estima-se que a Antártida tenha perdido de 53 bilhões a 159 bilhões de toneladas de gelo por ano e que na zona mais movimentada - na Península Antártica - a redução tenha sido de 7 bilhões e 33 bilhões de toneladas por ano.
Apesar dos dados alarmantes, agora é necessário compreender o fenômeno que ocorre ao redor do polo sul do planeta, para definir os quadros futuros para o continente, considerando que o derretimento total da Antártida poderia elevar o mar em 58 metros (ANSA).