Contato: (11) 3043-4171

Redução do diesel beneficiará consumidores

O ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República, Sérgio Etchegoyen, disse ontem (28) que a redução do diesel chegará ao bolso da população.

Segundo ele, os R$ 0,46 que serão reduzidos no preço do combustível beneficiam não só os caminhoneiros, mas a todos que consomem os produtos transportados por eles. “O diesel é um combustível que transporta praticamente tudo que consumimos. O resultado do custo da gasolina no preço final das coisas é muitas vezes menor do que o preço do diesel”.
Acrescentou que “o custo de transporte vai resultar numa planilha de custo mais baixa para o prestador de serviço e para os comerciantes”. A redução do preço do diesel em R$ 0,46 nas bombas pelo prazo de 60 dias, sendo depois desse período, o preço ajustado mensalmente, é um dos pontos do acordo anunciado pelo presidente Temer para encerrar o movimento dos caminhoneiros e retomar o abastecimento.
O ministro diz ainda que a redução de R$ 0,46 é um privilégio, em primeiro momento, dos caminhoneiros, mas que alcança toda a sociedade “que vai pagar essa conta”. “Todos sabemos que o governo não produz dinheiro, ele capta dinheiro do contribuinte. Conse­quentemente, esse contribuinte, que está ajudando a pagar essa conta, também será beneficiado pela redução de R$ 0,46 por litro quando for ao supermercado”, explicou Etchegoyen.
O acordo firmado com os caminhoneiros não inclui a redução do preço da gasolina, apenas do diesel. Perguntado se a gasolina é também uma preocupação para o governo, o ministro-chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha, explicou: “é uma preocupação nossa mas, no momento, estamos tratando da questão do diesel porque se trata de uma política que tem como objetivo o transporte coletivo, o transporte de carga” (ABr).

Rua Vergueiro, 2949, 12º andar – cjto 121/122
04101-300 – Vila Mariana – São Paulo - SP

Contato: (11) 3043-4171