Jungmann investigação de vazamentos na PF

O ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann, defendeu na sexta-feira (27) a investigação de quaisquer desvios de norma cometidos por policiais federais.

A afirmação foi feita em entrevista coletiva, em resposta a uma pergunta sobre o pronunciamento em que o presidente Temer criticou vazamentos de um inquérito da Polícia Federal (PF) para a imprensa.
Durante pronunciamento, Temer disse que pediria ao ministro Jungmann que apure internamente como se dão os vazamentos sobre os detalhes do inquérito, como o que ocorreu à imprensa. “A polícia judiciária, seja federal seja estadual, tem suas atribuições definidas em lei. E essas atribuições têm que ser seguidas e observadas. Obviamente, qualquer desvio de fato da lei, dos compromissos, das normas, dos protocolos, em existindo, tem que ser investigado, evidentemente tem que ser apurado”, disse Jungmann em reunião na Federação das Indústrias do Rio de Janeiro (Firjan) (ABr).