Indicador da FGV sinaliza possível aceleração

O Indicador Antecedente de Emprego (IAEmp) aumentou 1,9 ponto em fevereiro e, na análise da FGV, esse movimento sinaliza uma possível aceleração na recuperação do mercado de trabalho nos próximos meses.

O índice foi divulgado ontem (8) pela fundação e atingiu o maior nível de sua série histórica, com 109,6 pontos.
O resultado foi influenciado pela alta de seis dos sete indicadores que compõem o IAEmp. Destacaram-se os indicadores que medem a situação atual dos negócios no setor de Serviços e na Indústria de Transformação.
Para o economista Fernando de Holanda Barbosa Filho, o indicador reflete a elevada taxa de desemprego do país e, apesar da previsão de geração de vagas, a expectativa é que a taxa de desemprego permaneça em níveis elevados (ABr).