Contato: (11) 3043-4171

Previdência ‘na pauta da Câmara’ dia 19 ou 20

O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, afirmou ontem (8) que o objetivo do governo é colocar a reforma da Previdência na pauta da Câmara no dia 19 deste mês.

Em conversa com jornalistas, após palestra promovida pela Conexão Empresairal em Nova Lima (MG), o ministro disse que a expectativa é que as discussões comecem no dia 19, com votação no dia 20. “Alguns líderes parlamentares estão dizendo que, se não der, [o prazo] pode chegar até o fim do mês, mas este é o máximo. E nosso objetivo é votar no dia 19 ou no dia 20”, acrescentou.
O ministro da Secretaria de Governo, Carlos Marun, confirmou a estimativa apresentada pelo líder do governo na Câmara, Aguinaldo Ribeiro (PP-PB), de votar a reforma da Previdência até o dia 28. Segundo Marun, as discussões em plenário continuam agendadas para o dia 19, mas a votação deve demorar mais.
Para o ministro da Fazenda, a reforma da Previdência não é uma opção, mas uma necessidade.
Meirelles argumentou que atualmente os gastos com a Previdência consomem mais de 50% do orçamento e em 10 anos podem chegar a 80%. Para ele, o país e a Previdência podem “quebrar” no futuro, se nada for feito. Ressaltou que não há mais negociação sobre mudanças na idade mínima para aposentaorida: 65 anos para homens e 62 para mulheres. “A idade mínima não pode ser alterada porque isso, de fato, desconfiguraria a reforma”, acrescentou (ABr).

Rua Vergueiro, 2949, 12º andar – cjto 121/122
04101-300 – Vila Mariana – São Paulo - SP

Contato: (11) 3043-4171