Leilão do pré-sal mostra que país voltou a 'despertar interesse'

O presidente Temer comemorou o resultado das licitações dos blocos do pré-sal, ocorrido sexta-feira (27).

Com os bônus de assinatura da segunda e terceira rodadas, somados, o governo federal arrecadou R$ 6,15 bilhões. “Tivemos um excelente resultado. [...] São esperados, só para se ter uma ideia, investimentos de R$ 100 bilhões no Brasil pelas empresas vencedoras. O setor ainda deve criar, ao longo do tempo, até 500 mil novos empregos. Repito: 500 mil novos empregos”, afirmou.
Temer lembrou ainda que a exploração do pré-sal vai virar investimento na educação e na saúde. “A exploração das reservas deverá gerar ainda cerca de US$ 130 bilhões em royalties e outras fontes de arrecadação. Isso, naturalmente, se traduz em mais recursos para a União, estados e municípios. E ainda saliento, em nível federal, 75% dos recursos arrecadados com a exploração do pré-sal serão gastos em educação. Os outros 25%, destinados à saúde”.
“Depois de 4 anos sem leilões do pré-sal, o Brasil mostra que atrai interesse de grandes empresas e entra em novo ciclo de crescimento. Esforço do governo para tornar regras mais claras fez desta sexta-feira um dia histórico. O Brasil voltou!”, concluiu o presidente (ABr).