Bancos pagarão R$ 660 milhões à prefeitura

Os bancos Santander, Itaú e Bradesco se comprometeram a pagar à vista dívidas no valor de R$ 660 milhões à prefeitura de São Paulo até o final deste ano.

De acordo com a Câmara Municipal, o compromisso foi assumido por representantes dos três bancos durante reunião da CPI dos Grandes Devedores. Os bancos aderiram ao Programa de Parcelamento Incentivado (PPI), que dá descontos aos devedores. No caso do Santander, a dívida de R$ 454 milhões passou a ser R$ 279 milhões. O Bradesco, devedor de R$ 191 milhões, vai pagar R$ 90,3 milhões. A quantia, no entanto, pode ser maior. O Itaú, que tem dívida de R$ 570 milhões, fez a adesão ao PPI e irá pagar R$ 290 milhões como parte do débito. O Santader confirmou o acordo e pagará o montante de R$ 279 milhões (ABr).