Presidente do BNDES diz ver internamente sinais de retomada

Os sinais de retomada da economia brasileira já começaram a ser percebidos internamente no BNDES, disse ontem (8),

a presidente Maria Silvia Bastos Marques “Dados já mostram sinais importantes de recuperação de crescimento”, afirmou, apontando o aumento das aprovações do Finame de 32% neste início de ano. “Esse é um termômetro”, destacou.
Maria Silvia frisou ainda o sucesso dos leilões de transmissão e o de aeroportos, que mostraram competição entre os players. A executiva reiterou que o banco de fomento tem trabalhado na melhoria de seus procedimentos e citou, como exemplo, que hoje qualquer contrato que possui como contraparte um ente público é feito amparado por termos de compliance.
Esses mesmos termos, disse, são utilizados para empréstimos para exportação de serviços, cujo descumprimento acarreta na antecipação da dívida. “Temos uma agenda pesada e a temos enfrentado. Em concessões estamos buscando saída casa a caso, não há uma solução única”, disse, em almoço organizado pelo Grupo de Líderes Empresariais (Lide).
Os desembolsos do BNDES não refletem as aprovações de projetos feitas pelo banco, visto que esse é um processo de longo prazo, explicou a presidente da instituição. Maria Silvia disse que no banco existe um grande backlog de projetos “que estão há muito tempo na casa”, mas que existe uma meta para que os que cheguem no banco sejam aprovados em até 180 dias (AE).

Mais Lidas