Contato: (11) 3043-4171

Liana Baggio Ometto (*)

Muito mais do que alimentar nossos corpos, comidas e bebidas são capazes de criar vínculos afetivos que ficarão guardados para sempre em nossas memórias.

É por esse motivo que o conceito de comfort food, comida que desperta conforto, bem estar e ativa nossas lembranças, tem ganhado cada vez mais espaço. Nesse sentido, o café é tido como uma das bebidas mais importantes ao longo da nossa vida, já que nos acompanha da infância até a velhice.

Ainda quando crianças, muitos recebem dos pais a oferta de um café com leite bem quentinho antes de ir para escola. Mais do que um alimento, é uma demonstração carinho. Na hora do recreio, muitas escolas também oferecem café como forma de alimentar e deixar as crianças mais alertas para os aprendizados. Nas tardes frias, o café com bolo também cai perfeitamente como forma de aconchegar e aquecer o corpo e o coração.

Mais tarde, na juventude, é comum tomarmos xícaras e mais xícaras de café a fim de ficarmos mais tempo acordados, debruçados sobre os livros. Na véspera das provas de fim de semestre ou do tão temido vestibular, é a ele que muitos de nós recorre. Além de um parceiro da madrugada, o café também nos ajuda a revigorar dos excessos cometidos nas festas e baladas. Depois de beber mais do que se deve, o café bem forte ajuda qualquer um a se recuperar.

Na fase adulta, é a hora dos cafés de negócios. Marcar um café para apresentar aquele projeto para uma pessoa importante sempre gera muita expectativa. Há também os cafés com segundas intenções, aqueles que precedem um romance. Ao final dos jantares importantes, sejam de negócios ou de relacionamento, a presença dele é essencial. Se for um aromatizado, com saber diferenciado, a chance de a memória ficar eternizada é ainda maior.

Não podemos esquecer também da importância do café entre os amigos. Aqueles que o tempo acaba afastando de nós precisam ser reaproximados junto com uma boa xícara de café. Esse pode ser em uma cafeteria, lanchonete ou restaurante. Mas, bom mesmo é quando ele é servido em casa, junto com as famílias que se formaram ao longo do tempo. Enquanto preparam, coado ou em cápsulas, muitas histórias do passado vão sendo trazidas à tona.

Já na terceira idade, depois de experimentar vários sabores e memórias com o café, o degustador tem bem claro as suas preferências. Ele já sabe bem o que gosta, de que forma e principalmente, com quem. Muitas vezes, um café em sua própria companhia representa um grande encontro consigo mesmo. Há os que não abrem mão desse momento de profunda intimidade. Há também os que não dispensam uma boa companhia. Podem ser os amigos, cônjuge, filhos ou netos.

No fim, descobrimos que não importa como. Um bom café sempre estará presente em nossas vidas, registrando boas lembranças. Aquele carinho e proteção que vem desde a infância, estará sempre ali, nos transportando para aquela sensação de puro sabor e prazer. Viveremos bons e maus momentos, mas em todos eles haverá sempre uma boa xícara, bem quentinha para nos recompor e preencher.

Ainda bem!

(*) - É diretora comercial da Baggio Café (www.baggiocafe.com.br).

Rua Vergueiro, 2949, 12º andar – cjto 121/122
04101-300 – Vila Mariana – São Paulo - SP

Contato: (11) 3043-4171