ISSN: 2595-8410 Contato: (11) 3043-4171

Home

Bachelet temproaario

Titular do Alto Comissariado da ONU para os Direitos Humanos, Michelle Bachelet. Foto:David Fernández/EFE

A titular do Alto Comissariado da ONU para os Direitos Humanos (Acnudh), a ex-presidente chilena Michelle Bachelet, disse ontem (5) que não concorda com quem acredita que ter pulso firme é a melhor maneira de se combater a violência e a criminalidade, e afirmou ser contra facilitar o acesso dos civis às armas, como propõe o presidente eleito do Brasil.
“Tenho a impressão de que, diante das situações de violência e insegurança em muitas partes, pensa-se que a solução é ter pulso firme, como fazer com que os militares se encarreguem da criminalidade, mas não estou de acordo”, disse Bachelet ao comentar as posições expressadas por Jair Bolsonaro, que tomará posse no dia 1º de janeiro, que está decidido a cumprir a promessa de flexibilizar o porte de armas de fogo para os civis.
Ao ser perguntada a respeito em entrevista coletiva em Genebra, a alta comissária afirmou que não está de acordo com ‘dar armas sem controle’. “Vimos o que aconteceu em muitos lugares, pessoas que usam armas para tiroteios e que matam crianças nas escolas (...) As armas são muito perigosas nas mãos de pessoas que não sabem como usá-las de maneira adequada”, acrescentou Bachelet.
Sobre o fato de Bolsonaro negar a existência de uma ditadura no Brasil no período compreendido entre 1964 e 1985 e elogiar o governo de Augusto Pinochet no Chile, Bachelet disse que ninguém pode duvidar que os dois regimes foram ditaduras e que espera que ‘a América Latina tenha aprendido com isso’. “No Brasil houve uma ditadura e houve vítimas dela, torturas e comissões investigam isso. No Chile tivemos ditadura durante 17 anos, Pinochet deu um golpe de Estado, muita gente desapareceu, foi assassinada e detida”, comentou a ex-presidente chilena (Agência EFE).

“Aprendi que um homem só tem o direito de olhar um outro
de cima para baixo para ajudá-lo a levantar-se”.

Gabriel García Marquez (1927/2014) Escritor colombiano

Rua Vergueiro, 2949, 12º andar – cjto 121/122
04101-300 – Vila Mariana – São Paulo - SP

Contato: (11) 3043-4171