ISSN: 2595-8410 Contato: (11) 3043-4171

Home

Empresas temproaario

A Petrobras manterá o investimento de US$ 84,1 bilhões. Foto:Tânia Rego/ABr

Rio - A Petrobras considera a entrada de 18 novos sistemas de produção de petróleo, o que deve mudar a curva de produção e a geração de caixa nos próximos cinco anos, afirmou ontem (5), o diretor Financeiro da companhia, Rafael Grisolia, em teleconferência com analistas. “A entrada de plataformas vai ter efeito no caixa e garantirá perenidade”, disse, complementando a geração de caixa projetada no plano de negócios para os próximos cinco anos “já descontados eventuais pagamentos de dividendos”.
Além disso, a empresa ainda conta com a continuidade da política de paridade internacional de preços para ampliar sua receita nos próximos anos. O executivo reiterou ainda a necessidade de continuar o programa de desinvestimento, o que inclui refinarias. A empresa espera se desfazer do controle das unidades ainda nos primeiros anos do plano de negócios.
O executivo disse que a Petrobras manterá o investimento de US$ 84,1 bilhões ainda que a cotação do petróleo decepcione e fique abaixo da projeção divulgada no plano de negócios para os próximos cinco anos.
“O investimento se ajusta a eventuais quedas do petróleo”. Ainda acrescentou que a gestão das finanças será focada na meta de desalavancagem, de 1,5 vez em 2020. “A partir de 2021 a gente vai subir o payout”, complementou Grisolia, destacando que o desinvestimento também vai contribuir com a geração operacional de caixa da empresa (AE).

"Humor é vingança contra o destino; vingança contra a injustiça;
vingança contra o opressor. É uma saída através do riso".

Hélio Pellegrino (1924/1988) Escritor brasileiro

Rua Vergueiro, 2949, 12º andar – cjto 121/122
04101-300 – Vila Mariana – São Paulo - SP

Contato: (11) 3043-4171